Meu Filho você é muito importante para nós!!!




Recados Para Orkut - Click Aqui! http://www.recados.net

domingo, 27 de dezembro de 2009

Perda de Entes Queridos

Amigos boa noite!!!
 
Como é difícil para nós que temos um ente querido que partiu para a espiritualidade!!!
 
Como é difícil comemorarmos o Natal sem nossos amados!!!
 
Mas acreditem que a morte não existe, nossos entes queridos apenas mudaram para a outra dimensão.
 
Da vida para a morte só existe a transformação...

  Essa causa de dor atinge assim o rico, como o pobre: representa uma prova, ou expiação, e comum é a lei. Tendes, porém, uma consolação em poderdes comunicar-vos_com_os_vossos amigos pelos meios que vos estão ao alcance, enquanto não dispondes de outros mais diretos e mais acessíveis aos vossos sentidos.
 
Abaixo questão 934 do Livro dos Espíritos:

 

[9a - página 433 questão 934]

 

      

  As dores inconsoláveis dos que sobrevivem se refletem nos Espíritos que as causam.

        O Espírito é sensível à lembrança e às saudades dos que lhe eram caros na Terra; mas, uma dor incessante e desarrazoada o toca penosamente, porque, nessa dor excessiva, ele vê falta de fé no futuro e de confiança em Deus e, por conseguinte, um obstáculo ao adiantamento dos que o choram e talvez à sua reunião com estes.

        Estando o Espírito mais feliz no Espaço que na Terra, lamentar que ele tenha deixado a vida corpórea é deplorar que seja feliz.  Figuremos dois amigos que se achem metidos na mesma prisão.  Ambos alcançarão um dia a liberdade, mas um a obtém antes do outro.  Seria caridoso que o que continuou preso se entristecesse porque o seu amigo foi libertado primeiro?  Não haveria, de sua parte, mais egoísmo do que afeição em querer que do seu cativeiro e do seu sofrer partilhasse o outro por igual tempo? O mesmo se dá com dois seres que se amam na Terra. O que parte primeiro é o que primeiro se liberta e só nos cabe felicitá-lo, aguardando com paciência o momento em que a nosso turno também o seremos.

        Façamos ainda, a este propósito, outra comparação. Tendes um amigo que, junto de vós, se encontra em penosíssima situação. Sua saúde ou seus interesses exigem que vá para outro país, onde estará melhor a todos os respeitos. Deixará temporariamente de se achar ao vosso lado, mas com ele vos correspondereis sempre: a separação será apenas material.

        Desgostar-vos-ia o seu afastamento, embora para o bem dele?

        Pelas provas patentes, que ministra, da vida futura, da presença, em torno de nós, daqueles a quem amamos, da continuidade da afeição e da solicitude que nos dispensavam; pelas relações que nos faculta manter com eles, a Doutrina Espírita nos oferece suprema consolação, por ocasião de uma  das mais legítimas dores.  Com o Espiritismo, não mais solidão, não mais abandono: o homem, por muito insulado que esteja, tem sempre perto de si amigos com quem pode comunicar-se.

        Impacientemente suportamos as tribulações da vida. Tão intoleráveis nos parecem, que não compreendemos possamos sofrê-las.  Entretanto, se as tivermos suportado corajosamente, se soubermos impor silêncio às nossas murmurações, felicitar-nos-emos, quando fora desta prisão terrena, como o doente que sofre se felicita, quando curado, por se haver submetido a um tratamento doloroso.

[9a - página 434 questão 936]

 

Entre aqueles que se amam,
A
morte aparece em vão,
Pode plantar saudade,
Mas nunca a separação.

 
Meimei
 
Médium: Francisco Cândido Xavier
 

http://www.luizbertini.net/mensagem2.html 



Irene Ibelli
 
"Confie, ame a todos incondicionalmente, vibre no amor, na verdade, na justiça, na caridade, na humildade, na esperança, tenha compaixão pelos seus semelhantes, perdoe, faça pelos outros o que gostaria que fizessem por você!!!"

Visite os nossos blogs:

http://terceiromilenioxplanetaterra.blogspot.com

http://umanjochamadoerickibelli.blogspot.com

"Um anjo chamado Erick deixou que  sua luz e energia continuem a vibrar em nossos corações!!!"







2 comentários:

Kelly disse...

Esse foi meu primeiro Natal desde que nasci(33 anos), sem minha sobrinha, não dá pra esquecer dela, mas em momento algum choramos, nem mesmo minha irmã,(sua mãe), ficamos juntos o tempo todo e uma ajudou a outra, deu força, oramos juntas e assim passamos o primeiro natal sem a presença física da nossa amada Karine!!!

CASMU - Centro de Apoio Social Mundo Unido disse...

Minha avó se foi nesta quinta-feira, dia 4/3/2010, após lutar contra 5 AVCs. Sempre fomos muito unidas. No dia seguinte eu ainda sentia muito desespero, muita saudade dela, mesmo sabendo que ela estaria num lugar melhor, pois tem uma alma muito bondosa e pura. Eu escrevia sobre ela no meu diário qdo senti a mesma alegria q tinha qdo ela vinha em casa nos visitar, senti como se ela viesse me dar um beijo no rosto e me fazer sentir que estava tudo bem agora. Aquela dor que eu sentia minimizou bem, agora me alegro quando penso nela. E qdo li este artigo me senti ainda mais feliz e aliviada. Que Deus abençoe a todos.
Priscila